Estudar na Bélgica

Bélgica

 

O Reino da Bélgica, situado entre a França, o Luxemburgo, a Alemanha e a Holanda, conta com mais de 11 milhões de habitantes e uma área de 30.528 km2. A sua capital, Bruxelas, é também conhecida como a capital da Europa, uma vez que abriga muitas instituições da União Europeia. A Bélgica é um Estado federal complexo, reagrupando, por questões econômicas, três regiões (Valônia, Bruxelas e a região flamenga), e por questões culturais, incluindo as de ensino, três Comunidades, a saber - a Comunidade Francesa, a Comunidade Flamenga a comunidade de língua alemã.

O clima belga é caracterizado por chuvas fortes e bem distribuídas uniformemente ao longo do ano. A temperatura é bastante moderada (temperatura média de janeiro: 1 ° C em Julho: 16 ° C). Moeda é o euro desde 1 de Janeiro de 2002. O custo de vida é relativamente elevado.

Fontes:
http://www.cud.be/content/view/338/207/lang,/
http://fr.wikipedia.org/wiki/Belgique

Apresentação do sistema de ensino superior

A educação é uma responsabilidade das Comunidades. As instituições acadêmicas da Comunidade Francesa da Bélgica contam com mais de 75 mil alunos. Sua missão é tripla: Ensino, pesquisa e serviços à comunidade. De acordo com o processo de Bolonha, os estudos universitários são organizados em três ciclos (graduação, mestrado e doutorado). A carga de trabalho do aluno é expressa em créditos, que expressam a quantidade de trabalho que cada atividade de aprendizagem requer (participação nas aulas, trabalhos práticos, estágios e trabalho pessoal). Uma unidade de crédito é equivalente a 30 horas de trabalho e um ano de estudo corresponde a 60 créditos.

Para mais informações sobre a oferta de educação na Bélgica, consulte www.ciuf.be/cms/loffre-denseignement.html.

Nome dos diplomas dos níveis universitários

Como na maioria dos países da União Européia, o ensino superior belga opera no sistema chamado LMD: "Licence – Master – Doctorat" ou seja, Graduação, Mestrado e Doutorado. Este sistema destina-se a facilitar a mobilidade dos estudantes no interior da Europa e no resto do mundo.

Na Bélgica, os estudos universitários, oferecidos em vinte e uma áreas, são estruturados em três graus universitários. Para cada um é sancionado a atribuição de um diploma, que é em princípio, necessariamente obrigatório para a admissão no próximo ciclo de estudos:

  • bachelier (graduação), diploma de primeiro grau universitário, obtido após três anos de estudo;
  • master (mestrado), diploma de segundo grau universitário, obtido após um ou dois anos de estudo;
  • doctorat (doutorado), diploma de terceiro grau universitário, obtido após três anos de estudo (no mínimo).

Cada curso concluído está associado a um número de ECTS (Sistema Europeu de Transferência de Créditos ou Système Européen de Transfert de Crédits – European Credits Transfer System). A atribuição de um diploma é baseada na acumulação do número de créditos correspondente a

  • 180 créditos para um bachelier (graduação);
  • 60 créditos para um master (mestrado) de um ano, 120 créditos para um master (mestrado) de dois anos, 180 créditos para um master (mestrado) em medicina e veterinária;
  • 60 créditos (formação) + 180 créditos (tese de doutorado) para o doctorat (doutorado).

Fontes:
http://www.enseignement.be/index.php?page=26646&navi=3338...
http://www.enseignement.be/index.php?page=25837&navi=2503

Vida Universitária

Tipos de atividades pedagógicas realizadas nos cursos
O ensino pode assumir diversas formas: as aulas expositivas (conferências de ensino teórico), exercícios dirigidos, trabalhos práticos, trabalhos de laboratório, exercícios, excursões, visitas e estágios.

Veja mais em:
http://www.unamur.be/droit/valves/reglement-examens
http://www.ulg.ac.be/cms/c_40956/examens

O tamanho das classes
O número de alunos varia dependendo do tipo de curso. Os exercícios dirigidos contam geralmente com algumas dezenas de estudantes, mas para as aulas expositivas o público pode ser composto de várias centenas de pessoas.

Carga horária
Os créditos ECTS indicam a carga de trabalho total necessária para o aluno atingir os objetivos dos cursos. Os créditos levam em conta as horas de presença na sala de aula, bem como horas de estudo privado, períodos de revisão, de estágio e de preparação de uma tese (1 quadrimestre = 25 a 30 créditos = 750 a 900 horas de trabalho por quadrimestre).
O número de horas de presença em sala de aula por semana depende dos setores, a variação pode ser do simples para o seu dobro (entre 15 e 30 horas).

Fontes:
http://www.ulg.ac.be/cms/c_40957/credits
http://www.kids.partena.be/Content/Default.asp?PageID=24

Relação professor-aluno
Na Bélgica, a relação entre professores e alunos é formal e cordial.

Calendário

O ano letivo é dividido em três quadrimestres, no final dos quais é realizada uma sessão de exames e provas.
O primeiro quadrimestre vai de meados de setembro a meados de dezembro. Os alunos estão, em seguida, de recesso até o período de exames que se realiza em meados de janeiro.
O segundo quadrimestre acontece a partir do início de fevereiro a meados de maio. O período de exames acontece entre meados de Maio e finais de Junho. Este semestre é interrompido por uma ou duas semanas de férias, no início de Abril.
O terceiro quadrimestre afeta apenas alunos reprovados nos exames. Ele se realiza entre o início de junho e final de julho. Os alunos estão, em seguida, de férias até o período de exames, que acontece entre meados de agosto e início de setembro.

Fontes :
http://www.ulg.ac.be/cms/c_13768/fr/organisation-de-lannee-academique
http://www.etudionsaletranger.fr/etudier-en-belgique/l-annee-universi...
http://www.uclouvain.be/5075.html

Avaliação e Validação

Métodos de controle do conhecimento
O ano letivo é dividido em três quadrimestres. A sessão de exames e provas é organizada depois de cada um dos quadrimestres (em janeiro, maio/junho e no fim do recesso do verão europeu). A avaliação dos alunos consiste em uma prova oral e/ou escrita. As avaliações dos trabalhos práticos, estágios e trabalhos dirigidos, etc. são realizadas uma vez por ano letivo.

Veja mais em:
http://www.unamur.be/droit/valves/reglement-examens
http://www.ulg.ac.be/cms/c_40956/examens

Sistema de avaliação e validação
A avaliação é feita por uma nota de 0 a 20 (Escala de Avaliação).
A nota mínima para uma aprendizagem bem sucedida é 10/20. O júri considera que um ano de estudo é automaticamente bem sucedido quando a média obtida em exames é maior ou igual a 12/20 e que os resultados de todos os ensinamentos são maiores ou igual a 10/20. Uma mesma prova pode ser passada no máximo duas vezes no mesmo ano letivo.

Veja mais em:
http://www.ulg.ac.be/cms/c_40956/examens
http://www.unamur.be/droit/valves/reglement-examens

Serviços disponíveis no campus

Há nos campus belgas estruturas que prestam serviços na área de cultura, esporte, assistência social e assistência habitacional.

Fonte:
http://www.unamur.be/services/social/

Modalidades de ingresso à universidade

Geralmente, qualquer pessoa que possua um certificado de ensino médio (CESS - certificat d'enseignement secondaire supérieur) ou equivalente tem acesso ao ensino superior.
No entanto, existem alguns casos especiais:
O acesso a estudos na área de engenharia é condicionado à aprovação em um exame especial de admissão interuniversitário (as informações práticas relativas a este exame podem ser encontradas no site de cada universidade). O acesso aos estudos em medicina é condicionado à conclusão bem sucedida de um teste orientação anterior à inscrição.
Em relação às Escolas Superiores de Artes, a inscrição também está sujeita à aprovação no teste de admissão organizado pela instituição que é focado nas habilidades artísticas dos alunos.

Fonte:
http://www.enseignement.be/index.php?page=25837&navi=2503

Processo de admissão

Ter sido pré-selecionado pelo programa Ciência sem Fronteiras é uma condição de exame de sua candidatura pelas universidades belgas francófonas. Para se candidatar, é preciso preencher o formulário da própria universidade de sua escolha e enviá-lo completo com todos documentos necessários para a pessoa de contato mencionada no formulário. Para que sua candidatura seja processada, seu nome deverá aparecer na lista oficial que será encaminhada pelo CNPq. Para perguntas gerais sobre o programa : cienciasemfronteiras@ciuf.be

Exigências linguísticas

A maioria das universidades dispõem de um centro de línguas com cursos de francês.

Autorização de residência, autorização de trabalho

O estudante brasileiro que deseja estudar na Bélgica, deve solicitar um visto de estudante, a partir da representação diplomática ou consular belga no Brasil.

Endereços das embaixadas e consulados belgas

Moradia

Diferentes tipos de habitação estão disponíveis para os alunos: alojamento universitário para locação, habitações fornecidas pela iniciativa privada que têm sido construídas ao redor das universidades ou moradias privadas (pessoas que alugam alguns quartos em suas casas). Refeições variadas estão disponíveis a preços acessíveis nos restaurantes universitários.

Para consulta

http://www.ciuf.be/cms/science-sans-frontieres.html

 

Haut de page

População

11,1 milhões
 

Capital

Bruxelas
 

Línguas

Holandês
Francês
Alemão
Início da página